O impacto do isolamento social será lembrado por décadas. Praticamente todas as empresas do País e do Mundo foram obrigadas a se adequar e modificar suas operações visando minimizar os inevitáveis impactos.

A Logística como ramo fundamental, obrigou todos os agentes envolvidos a buscarem soluções para, por exemplo, trabalhar em home office e na parte operacional, para o dia-a-dia nos depósitos e estradas seguir com eficiência.

Investimento de peso em Tecnologia

A Tecnologia é a grande aliada para que se consiga transpor mais essa crise. Na operação das Seguradoras e Corretoras, a certificação digital foi fundamental para cumprir as medidas de restrição e manter o fluxo de documentos com a mesma segurança.

No atendimento, soluções com inteligência artificial como o Sr. Seguro no site da Uniforte Seguros são fundamentais para que os clientes possam ter trânsito livre para agilizar a cotação e contratação de Seguros.

Das mudanças internas para as externas

Para além do home office adotado amplamente, o monitoramento e rastreamento oferecidos por empresas especializadas se juntam às novidades dos fabricantes de veículos. Já contávamos com a Tecnologia para coibir roubos e desvios, mas recentemente os transportadores passaram a contar com ferramentas que podem controlar a jornada dos profissionais e prever a manutenção dos veículos, o que evita paradas, contatos e procedimentos desnecessários.

As Seguradoras e Corretoras terão mais opções baseadas em Tecnologia de ponta, flexibilizando custos para os clientes, tornando os transportes ainda mais transparentes alinhados ao trabalho das Polícias e reagindo a altura às constantes novidades que os meliantes do roubo de cargas seguem inventando.

Dessa forma, a Logística fecha um ciclo de atuação sinérgica, onde as demandas das empresas de toda o segmento e órgãos públicos de manutenção do setor, caminham juntas sobre um pilar de Tecnologia, com soluções que certamente serão perenes mesmo no pós-pandemia.

Fonte: Site Transporte Mundial